quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Dia 4 - New York

Hoje o dia amanheceu bem mais quente e com o mesmo céu de brigadeiro.

Nós é que acordamos cansados. Belle ainda acordou meio gripada no dia de seu aniversário. Passamos a manhã "em casa".

Com a melhora de ânimo, resolvemos ir para o Museu de História Natural. Agora já dominamos o esquema das linhas de metrô expressas e o sentido leste/oeste das linhas de ônibus que cortam Manhattan na largura. Seguimos de ônibus até o Malcolm X Boulevard pela E 116th e pegamos a linha 2 Expressa, chegamos no região do Museu em menos de 10 minutos.

Já passava do meio-dia e estávamos com fome, resolvemos almoçar antes de entrarmos no Museu. Encontramos no caminho para o museu, o Chirping Chicken - restaurante bem local, com comida barata e farta, a solução perfeita :D

Observem o detalhe da minha minha camisa, fui devidamente paramentado para a visita, vários animais formam a imagem do velho Darwin.

Que experiência fascinante!!! Mais um museu americano fenomenal, o American Museum of Natural History. Coleção enorme e mais uma vez, uma apresentação perfeita. A apresentação por continentes dos grandes mamíferos é tão natural, que parece que os animais estão a ponto de se mover.

Assistimos no planetário ao vídeo Journey to the Stars, sobre a formação das estrelas e do nosso sistema solar. O engraçado é que o nosso grupo estava cheio de judeus ortodoxos (eles estão por toda Nova York), ao final a vontade grande de perguntar: "Entenderam agora?" :P

Há grandes alas temáticas sobre os grupos humanos originários divididos por continentes. Na América do Sul, grande destaque para os índios brasileiros, especialmente os amazônicos.

Outro ponto alto é a ala da Origem Humana. Diversos hominídeos, mostrando a evolução da nossa espécie. Com o estudo comparativo de diversos esqueletos, ossos, arcadas dentárias, crânios. Detalhes da biologia molecular que une indiscutivelmente o quebra cabeça paleontológico.

Um sonho, que se tornará um objetivo claro, trazer Luiza para visitaS a esse museu :)

Depois do museu, fomos para o Battery Park na pontinha de Manhattan, para vermos a Estátua da Liberdade. Fomos brindados com um maravilhoso por do sol.

Seguimos para o Ground Zero, passamos ao largo do monumento e da nova torre. Entramos na loja Century 21, para o deleite de Belle.

Na saída, já fomos direto para o Les Halles Downtown para o jantar comemorativo do aniversário de Belle! :)

Minha pequena Belle, que eu peguei para criar aos 21 anos, chega aos 28, prestes a ser mãe. Como não amar sem limites essa pessoa maravilhosa, cheia de vida e elétrica? Companheira perfeita de viagens, prefere os museus às lojas, prefere o caminhar aos táxis, está pronta para uma boa refeição seja em um boteco de rua, ou seja em um bom restaurante. Ah! Como eu me dei bem :)

 


Theodore Roosevelt Park, no fundo do Museu


Índios Amazônicos


Neanderthal


Esqueleto Neanderthal. Belle tem 3% do genoma deles :P


Homem moderno :P


A evolução é para todos? :P


Pararam só para a foto


Meteorito


Moon rocks


A já tradicional foto da preguiça gigante e da média :D


Dinos


Ilha de Páscoa, está na lista das viagens :)


Na parte inferior esquerda, compara os esqueletos 
de uma criança humana e uma chipanzé,
impressionante a semelhança 


Big dinos


Estátua de Theodore Roosevelt, na entrada do Museu


Por do sol no Battery Park









Almoço de sustância


Tabuleiro de Go, nesse jogo os computadores ainda não ganham dos humanos


Jantar




Sobremesa fora do cardápio para a aniversariante :)


Um dos mais ilustres habitantes de NYC aguardando o metrô




  













      

4 comentários:

Geraldo disse...

Legal ter descoberto que a preguiça média é do Brasil hahahaha

Elza disse...

Hoje o que eu mais gostei foi o último parágrafo e o por do sol maravilhoso, Bella tome muito suco para fortalecer sua imunidade. Deus os abençoe. bjs mamãe, bj na barriginha.

Ariene Cedraz disse...

Fred, como sempre, com redação e descrição impecáveis!
E concordo com você, Fred, você se deu bem mesmo! :P
Feliz por poder acompanhá-los em mais um capítulo! E que venham muitos, muitos, outros. Beijos

Fabíola Duarte disse...

Que declaração perfeita! Acredito que os dois tiveram sorte em encontrar um no outro um parceiro pra vida toda. Estou adorando acompanhar a viagem de vcs, como sempre. Bjs